Entrevista : Pensamento Coletivo Editora.

0
413

 

Com a “chegada” dos jogos de tabuleiro e a “volta” (mais que esperada, querida e pedida) dos RPGs, Filipe Cunha, da editora Pensamento Coletivo, bateu um papo com o Fábio Ribeiro do O.D. sobre jogos de tabuleiro, RPGs e livros para desenvolver melhor as suas histórias e ajudá-lo a crescer como um bom Mestre de Jogo.

“A Pensamento Coletivo tem como visão além de trazer jogos e livros, prestar suporte aos jogadores com produtos de boa qualidade tudo isso atrelado a um entretenimento para pessoas inteligentes.”
bash cover

Tirando a propaganda e falando sério…

Filipe Cunha é um cara que se preocupa em apresentar bons jogos que às vezes não estão “em evidência”,como é o caso do BASH, um jogo ambientado nas histórias de heróis dos anos 1990 (como os desenhos animados dos X-Men), que tem um bom sistema seja na hora de montar a planilha que é fácil, rápido e ao mesmo tempo complexa o suficiente para se ter uma boa imersão no jogo; seja na hora de rolar os dados onde a dificuldade segue um exponencial, mas que permite a “explosão” dos dados acontecendo assim feitos impossíveis (caso você tenha SORTE), que é algo que gosto muito pois remete ao meu RPG preferido –Star Wars, o primeiro, da West End Games.

Dos livros já à venda, tenho que citar o Despreparado? Nunca! que a principio achei uma ideia legal, mas depois de dar uma olhada no “original” (esse livro é uma tradução do livro Never Unprepared, da Engine Publishing) fiquei mais que animado e já garanti minha cópia!

Confiram a entrevista a seguir.

 

 

Deixe uma resposta