Como foi a Brasil Game Show 2015?

0
172

Para quem não sabe,Brasil Game Show ou BGS é a maior Feira de Games da América Latina tendo a tendência não só de reunir o pessoal do Brasil mas como de outros países…

No primeiro dia que era fechado para imprensa e para quem comprou o Premium foi bem tranquilo,não só para testar a maioria dos jogos mas como também bater um papo com os convidados do Youtube,Playstation,Warner Bros…

Apesar de que estava tecnicamente fácil você fazer a maioria das coisas no evento,não foi possível tentar falar com uma das atrações principais do Evento,Phil Spencer, chefe da divisão Xbox e também da Microsoft Studios.

 

Já a partir do Segundo até o Penúltimo Dia ficou bastante complicado de testar e andar pelo evento.Na parte da Área Indie teve alguns jogos que chamou atenção como Libertatem,que fala sobre: o desaparecimento de um membro da família,um detetive particular  terá de desvendar o mistério,só que tem um porém,você irá decidir o destino dos personagens,se está falando a verdade ou não. A Treta dos Irmãos Piologo que fala sobre: Ricardo Piologo,um dos chefes do jogo,que roubou todos os consoles e jogos do Rodrigo Piologo,nisso tudo ele entra em um universo virtual para descobrir onde que está.

 

Apesar do que houve no ano passado com alguns convidados que foram “retirados” do evento,no primeiro dia,como dito acima,estava tranquilo para tirar a famosa “selfie” e postar no instagram (como a maioria fez),no entanto,domingo era impossível de você andar pelo evento para fazer algo.

 

Já no último dia,por incrível que pareça,estava mais “tranquilo” para tentar jogar ou andar pelo evento,se for para comparar ao dia anterior do evento,claro que as filas estavam cheias,mas até que conseguia fazer uma coisa ou outra.

Deixe uma resposta