O que George Lucas achou de Star Wars: Rogue One

0
199

“Posso morrer feliz agora. Ele [George Lucas] realmente gostou do filme”, é o que disse o diretor de Star Wars: Rogue One, Gareth Edwards. Em uma conferência para o filme, realizada ainda esta semana em São Francisco, Edwards afirmou que George Lucas assistiu ao filme recentemente e “realmente gostou” do que viu.

“Há duas semanas, pudemos mostrar o filme para George e todos nós tivemos a oportunidade de conversamos com ele pelo telefone. Não quero colocar palavras em sua boca, mas podemos honestamente afirmar que morreremos felizes. Ele realmente gostou do filme, o que significou muito para todos”, disse o diretor, segundo o site Collider. “Para ser sincero, e sem querer ofender ninguém aqui, essa foi a review mais importante para mim”.

O diretor disse, ainda, que “vou levar toda essa conversa para o meu túmulo. Foi um verdadeiro privilégio e a opinião de George Lucas significa o mundo para mim”. No início do mês, Edwards contou que George Lucas visitou o set de Star Wars: Rogue One e brincou, afirmando que o filme deveria se beneficiar de mais ação em CGI. Ainda assim, o conselho não foi seguido, em vista de que o filme utilizou mais cortes em câmera possível.

6413456311110000_0

O diretor Gareth Edwards no set de “Star Wars: Rogue One” (Imagem: Entertaiment Weekly)

Ainda hoje, a Lucasfilm lançou um featurette que revela como os efeitos das criaturas presentes no filme são, em grande parte, físicos, em oposição ao uso contínuo de CGI nos filmes anteriores da franquia.

Star Wars: Rogue One será lançado mundialmente no dia 16 de dezembro de 2016, como uma spin-off que conta o grande plano de combatentes da Aliança Rebelde em roubar planos da Estrela da Morte e trazer uma nova esperança para a galáxia. A história vai se passar antes dos acontecimentos de “Uma Nova Esperança” e depois de “A Vingança dos Sith”.

Confira o trailer do filme:

Deixe uma resposta