Joaquin Phoenix

Warner rejeitou Joaquin Phoenix como Batman

0
192

Joaquin Phoenix representou Coringa no aclamado e premiado filme do ano passado, mas na verdade, poderia ter viajado para Gotham muito antes disso e num papel muito diferente.

Segundo publicado pela Empire, Phoenix foi apontado para o papel de Bruce Wayne, muito antes de se tornar em Arthur Fleck, mas a Warner Bros. não concordou com a opinião do realizador Darren Aronofsky.

O aclamado realizador de filmes como “Réquiem para um Sonho“, “Mãe” e “Cisne Negro” falou com a Empire das conversas que teve com os executivos da Warner Bros., no início dos anos 2000, para realizar novos filmes de Batman e como a companhia não aceitou Phoenix como protagonista.

“O estúdio queria o Freddie Prince Jr. e eu queria o Joaquin Phoenix,” diz Aronofsky.

“Lembro-me de pensar, ‘Estamos fazendo dois filmes muito diferentes. Essa é uma história verdadeira. Era uma época diferente. O Batman que eu escrevi era definitivamente um tipo diferente de abordagem do que eles acabaram fazendo.”

Aronofsky foi buscar inspiração em “Batman: Ano Um” de Frank Miller e teria influências de filmes como “Taxi Driver” e “Operação França”, num roteiro que estava a ser escrito com a ajuda do próprio Frank Miller.

“Era uma coisa espetacular porque eu era um grande fã das suas HQ’s, por isso o simples fato de me encontrar com ele foi altamente entusiasmante naquela altura.”

“O Batman que tinha saído antes de mim era o de Batman e Robin, aquele famoso por ter mamilos no Bat-traje, eu estava tentando fugir disso e reinventá-lo. Era para aí que a minha cabeça seguia.”

Aranofsky recrutou a ajuda de Miller para criar um filme totalmente diferente dos que tinham sido apresentados antes, um filme mais arrojado e sombrio, com um Batman mais violento, capaz até de torturar os inimigos.

Como certamente sabe, a Warner Bros. optou por seguir com Christopher Nolan, que em 2003 começou a dar vida à sua aclamada trilogia de filmes, que nos mostrou um Batman mais humano, sombrio e menos focado no elemento de fantasia.

Deixe uma resposta