Pequenas empresas investem no mercado bilionário dos games

0
216

Uma paixão bilionária alimenta o mercado de games no Brasil. Em 2014, o setor movimentou R$ 1 bilhão e já é o quarto maior do mundo. Não é para menos: cerca de um em cada quatro brasileiros dizem jogar videogame.

De acordo com a Associação Brasileira de Games (Abragames), nos últimos cinco anos, esse segmento da indústria brasileira cresceu a taxas entre 9% e 15%.

Boa parte desse aumento se deve ao fato de que esse mercado permite investimento relativamente baixo: com cerca de R$ 20 mil é possível produzir um jogo simples para celular, por exemplo.

Foi de olho nesse nicho que Marcelo Tavares, 36, transformou o hobby em negócio. A partir de um escritório em casa, ele montou em 2009 a Brasil Game Show, hoje a segunda maior feira do setor do mundo. Ele não revela o faturamento, mas diz que vive do evento.

bgs-2014-1

“O mercado está favorável principalmente para empresas de menor porte. Temos uma demanda reprimida de consumidores, são mais de 50 milhões de jogadores no Brasil e apenas 200 negócios de pequeno porte desenvolvendo games”, afirma.

Deixe uma resposta