Pokémon GO desembarca no Brasil, confira um guia completo com dicas pra se tornar um grande treinador

0
407

Finalmente a febre mundial desembarcou em terras tupiniquins! Na tarde dessa última quarta-feira (3), a Niantic disponibilizou oficialmente o game de realidade aumentada Pokémon GO nas lojas para smartphones Android e iOS.

Foram semanas e mais semanas de espera, com diversos boates sobre a ativação dos servidores do jogo aqui no Brasil. Boatos que geraram até a revolta de grupos hackers, que acabaram roubando a conta do CEO da Niantic no Twitter, por conta de tamanha demora para o lançamento do jogo no Brasil.

Mas agora a nostalgia se tronou realidade a nós brasileiros, então vamos a caça. Temos que pegar!

Confira então um guia completo com dicas pra se tornar rapidamente um treinador Pokémon de responsa!

Dica 1 – Como conseguir o Pikachu como Pokémon inicial

Assim como nos jogos do Gameboy, ao iniciarmos a jornada pelo mundo dos Pokémons, temos de escolher um Pokémon inicial. De cara são disponibilizados os famosos Charmander, Squirtle e Bulbassauro, mas você pode seguir o caminho trilhado pelo personagem principal do desenho Ash e ficar com o Pikachu.

Para conseguir o mais famoso monstrinho da franquia basta sair da área de alcance por três vezes seguidas, assim um Pikachu vai aparecer, ai é só captura-lo com uma Pokébola e dar inicio a sua vida de treinador com Pokémon elétrico.

Dica 2 – Faça valer o lema “temos que pegar”

No inicio do game, iremos encontrar na maioria dos lugares os Pokémons considerados mais fracos, mas não os despreze. Bichinhos comuns como Zubats, Pidgeys, Digletts aparecem a todo momento, então faça valer o lema “temos que pegar”, pois essa é uma das formas mais rápidas de evoluir seus companheiros no game e capturando vários desses monstrinhos, então mesmo que você já tenha “pegado” um Pokémon da mesma especie, pegue-o quantas vezes puder.

Dica 3 – Evoluindo seus Pokémons

A dica anterior é muito importante para conseguir evoluir seus monstrinhos. Pois a cada Pokémon capturado, você ganha Stardusts e Candys. Os Stardusts são utilizados para aumentar a força dos seus Pokémons, enquanto os Candys são utilizados para evolui-los. Cada especie de Pokémon possui um Candy especifico, portando não vá por ai achando que pode capturar  vinte Magikarpas e evoluir seu Pidgey.

Você também ganha Stardusts defendendo ginásios e chocando os PokéEggs, os ovinhos de onde nascem novas criaturinhas. Para ganhar Candys, além da captura de Pokémons repetidos, você pode trocar os mesmos com o professor Willow para ganhar mais “doces”.

Dica 4 – Não gaste grana, vá ao o PokéStop mais próximo

Com um mundo repleto de Pokémons, é normal que uma vez ou outra suas Pokébolas acabem. Mas não se desespere, nem vá pedir o cartão de crédito de seus pais pra comprar novos itens, pois você pode consegui-los gratuitamente, basta visitar o PokéStop mais próximo de sua residência. Basta chegar próximo a eles, seleciona-los no mapa e girar sua foto para liberar os itens.  Para não extrapolar, você precisa esperar 10 minutos para cada PokéStop voltar a funcionar.

 

pokestops

 

Dica 5 – Alguns Pokémons só podem ser encontrados em horários e locais específicos

Quem ai não quer encontrar um Gyarados dando sopa dentro do seu quarto ou no sofá da sala? Pois é, todo mundo gostaria que isso pudesse acontecer, mas não pode. Cada tipo de pokémon tende a aparecer em horários e locais específicos. Pokémons de água vão aparecer próximos de lagos, rios e ambientes úmidos, assim como criaturas fantasmas surgirão em áreas residenciais somente durante a noite.

Dica 6 – Pokémons raros só para treinadores experientes

Mesmo seguindo todas as dicas anteriores, você ainda só encontra os bichinhos mais fracos? Não se apavore, pois antes de capturar pokémons raros, você precisa melhorar seu nível como treinador. Afinal, você não pode acabar de chegar e já querer ir logo sentando na janela, não é mesmo? Portanto, bora jogar e ganhar XP. Só fique atento com os perigos pelas ruas e com os bandidos pois no mundo real, bandidos não são como a equipe Rocket.

Dica 7 – Batalhas só do nível 5 pra cima e em ginásios

Obviamente, que todo mundo já fica louco querendo desafiar aquele amigo ou colega pra uma batalha, afim de ver quem tem as melhores habilidades ou os melhores pokémons, mas infelizmente aquele bom e velho 1×1 não é possível, pelo menos por enquanto, pois não sabemos se os confrontos diretos podem aparecer futuramente com as atualizações do game.

Mas não chore ainda, as batalhas ainda acontecem em Pokémon GO, porém apenas nos ginásios espalhados pelo mapa, então busque aprimorar seu nível, capturar e evoluir seus monstrinhos, porque só é possível desafiar os lideres de ginásio após
alcançar o nível 5.

pokemon-go-ginasio

É nesse momento também que você escolhe de qual equipe fazer parte, o treinador pode escolher entre Valor, Mystic ou Instinct.

pokemon-go-team

Dica 8 – Ataques de Pokémons são medidos por CP e algumas especies levam vantagem sobre outras

Há um número que não fará sentido até que você saia por aí conquistando ginásios: CP. É a sigla para Combat Power, ou Nível de Combate, que é o poder do seu pokémon. Para aumentar esse atributo, você precisa de Stardust e Candy, sobre os quais falaremos em breve. Além disso, as vantagens e desvantagens de tipos permanecem, ou seja, água ainda ganha bônus de ataque sobre fogo, fogo ganha vantagem sobre vegetal, etc.

Dica 9 – Hora da batalha

Como dito na dica anterior, no universo de Pokémon GO, só é possível batalhar nos ginásios espalhados pelo mapa. Caso já haja um líder da equipe rival por lá, você pode batalhar com ele. É possível atacar ao tocar na tela, esquivar ao deslizar o dedo para os lados e usar o golpe especial, que é simbolizado por uma barrinha azul, segurando o dedo no display.

Dica 10 – Como arremessar as Pokébolas

Esse é o ponto mais simples: como jogar as benditas pokébolas nas criaturas. Não há muito segredo aqui, mas existem alguns pontos que podem ser levados em consideração para ter mais sucesso nas capturas. Em primeiro lugar, é recomendado que você utilize o modo “AR” para conquistar os bichinhos, pois a câmera pode confundir a sua cabeça. Para fazer isso, basta ativar a opção no canto superior direito da tela quando um Pokémon aparecer.

pokemon-go-ARNo geral, há duas formas de lançar a bolinha vermelha: com força média ou força alta. Quase todos os pokémons que estão no chão podem ser capturados com um arremesso comum, nem muito forte nem muito fraco. Você deve traçar uma linha reta da pokébola até o centro da tela. Em contrapartida, criaturas voadoras necessitam de uma forcinha extra, ou seja, que você deslize o dedo da parte inferior até a parte superior do display.

Para capturar o monstrinho, você deve acertar o círculo maior, pintado em branco. Qualquer ponto desta área consiste em um lançamento bem-sucedido, mas há uma circunferência menor que garante pontos extras. Há pessoas que preferem fazer o inverso: jogar de cima para baixo, mas vai de cada um. Vale ressaltar que quanto mais reto for o lançamento, mais chances você terá.

Se você já é um treinador mais experiente e quer ganhar XP extra ao tentar capturar um Pokémon você pode utilizar os arremos especiais, que lhe rendem 10 XP. Antes de lançar a pokébola, é possível girá-la ao fazer movimentos circulares ao redor dela. Caso você a arremesse com este atributo extra (que aumenta consideravelmente a dificuldade) e capture o pokémon, terá muitos pontos de experiência adicionais.

pokemon-go-curveball

Deixe uma resposta