Microsoft pode trazer de volta o Menu Iniciar em nova atualização

0
340

O fim do Menu Iniciar representou uma das mudança mais radicais que a Microsoft já promoveu no Windows, mas a alteração desagradou tanto que a empresa acabou trazendo novamente o botão Iniciar na atualização do sistemas para o Windows 8.1.

Como ficaria o Windows 8.2 com o Menu Iniciar.

Como ficaria o Windows 8.2 com o Menu Iniciar.

Na prática, ele não trouxe nada de novo: quando você clica nele é redirecionado para a Tela Inicial e não mais para o Menu Iniciar. Porém, o famoso menu deverá retornar para o Windows de forma opcional com a próxima atualização do sistema operacional, conhecida até então pelo codinome “Threshold”, além disso, o seu regresso não significa o fim da Tela Iniciar.

A informação foi divulgada por Paul Thrurrott em seu blog, que cita fontes pessoais que descreveram a ele a “próxima versão do Windows”. Ainda não está claro se o Menu Iniciar será disponibilizado para todas as versões do “Threshold”, mas é possível que ele retorne apenas nas versões que suportem a Área de trabalho e isso exclui a versão RT.

Aplicativos do Windows 8 no Desktop

Outra mudança apontada por Thrurrott é a execução de aplicativos da nova interface, antigamente conhecida como Metro, dentro da Área de trabalho. De acordo com Paul, eles seriam executados em janelas flutuantes no Desktop.

Já Mary Jo Foley, especialista em Windows do ZDNet, aponta que o Threshold será uma onda de atualizações que colocará o Windows, Windows Phone e o Xbox One mais próximos de uma experiência única para os usuários.

Windows 8 para tablets e smartphones

Foley também cita uma nova simplificação nas versões do sistema: desta vez, teremos três: uma apenas focada em aplicativos do Windows 8 e que será atualizado com frequência, disponível para tablets ARM, PC’s e smartphones com Windows Phone, uma tradicional com suporte à Área de trabalho e uma versão para empresas.

O Windows 8 “Thereshold” tem previsão de lançamento entre março e maio de 2015.

VIA VIA VIA

Deixe uma resposta