Review: Mirror’s Edge Catalyst Closed Beta

0
351

Mirror’s Edge Catalyst será lançado em 7 de junho deste ano. A pouco mais de um mês para o lançamento, a Eletronic Arts trouxe para os gamers um período de testes fechado da versão beta do game, acontecendo entre os dias 22 e 26 de abril. Abaixo, damos nossas impressões sobre a versão testada, juntamente de uma noção sobre como o game completo pode vir a ser.

Mirror's Edge™ Catalyst Closed Beta_20160424134327

Mirror’s Edge Catalyst não é uma continuação de Mirror’s Edge, lançado em 2008, mas também não é uma prequel ou um reboot. Na verdade, sigo sem entender o que é propriamente. De qualquer maneira, Catalyst contará mais uma história de Faith Connors, uma corredora da cidade de Glass. Dominada por um status quo de domínio corporativo, os corredores, ou Runners, como são chamados nos games, são habitantes dos terraços dos altos edifícios da cidade de Glass. Eles vão contra a ordem estabelecida pelo governo, agindo como couriers e ganhando a vida usando suas habilidades de parkour. Tendo Faith como personagem principal, Catalyst vai desvendar os mistérios que envolvem a cidade e explicar o passado da protagonista, mostrando suas motivações para o envolvimento na história dos Runners.

PREVIEW_SCREENSHOT8_84962

A jogabilidade é muito semelhante com o Mirror’s Edge original, tendo algumas pequenas mudanças no combate. Aqui não há possibilidade de usar armas de fogo, tendo em mente que este nunca foi o foco do game. Faith é perita não somente em parkour, mas na arte da pancadaria também. Com pontapés, socos e derrubadas bonitas de se ver em primeira pessoa, o jogador terá à disposição diversos métodos de enfrentar seus inimigos com os punhos de Faith. Os inimigos são variados e irão, cada um, representar um diferente desafio para o jogador superar.

Diferentemente do game original, Catalyst não contempla o jogador com todos os movimentos liberados. É preciso ganhar níveis ao acumular experiência, e então comprar os desbloqueios. Isso vale para os movimentos de parkour, luta e os equipamentos de Faith. Este novo método é utilizado para dar mais propósito à narrativa não linear do game, que adota um estilo “free roam”. Faith pode correr pelos telhados da cidade de Glass e completar diversos desafios secundários, como entregas de pacotes, coleta de itens especiais e equipamentos. Cada atividade concede experiência, aumentando o nível de Faith e permitindo o desbloqueio de novas habilidades que farão a locomoção e o combate mais fluidos. Toda a locomoção pode ser facilitada usando o recurso “Runner’s Vision”, que serve como uma rota para Faith. O caminho que a levará para o marcador que o jogador coloca no mapa ficará pintado de vermelho, indicando que é ali que ele deve seguir para alcançar seu destino.

Mirror's Edge™ Catalyst Closed Beta_20160424134555

Se tratando de uma versão beta, é preciso considerar que os aspectos técnicos ainda não estão finalizados. Ainda assim, os gráficos estão maravilhosos, tanto a modelagem dos personagens quanto o design dos cenários, com cores vivas e chamativas. Infelizmente, tudo parece um pouco truncado, com pequenos travamentos (incluindo um travamento repetitivo em um lugar específico) que tiram um pouco da fluidez do título. Mas não é anda que assuste muito, principalmente por ainda ter um bom tempo até o lançamento do game completo.

Mirror's Edge™ Catalyst Closed Beta_20160424141757

Mirror’s Edge Catalyst ainda sofre com problemas técnicos. Mas a perspectiva é de que os problemas maiores sejam solucionados até seu lançamento. O game possui boas mecânicas e uma imersão incrível no mundo dos Runners e da cidade de Glass. A perspectiva em primeira pessoa é linda de se jogar, e faz o jogador sentir uma ponta de vertigem ao saltar entre os topos dos edifícios. Estamos aguardando ansiosamente o lançamento de Catalyst, e torcemos para que tudo ocorra da melhor maneira possível.

Deixe uma resposta