Review: FIFA 15

0
1996

FIFA 15 é o mais recente título da maior franquia de futebol do planeta. Com versões para Xbox One, Xbox 360, PCs, PlayStation 3 e PlayStation 4, o game traz inovações que deixam o jogo ainda melhor e mais balanceado, além de gráficos mais realistas. Então confiram abaixo o review completo desse lançamento:

Messi continua sendo a grande estrela do jogo e estampa a capa do FIFA 15.

Messi continua sendo a grande estrela do jogo e estampa a capa do FIFA 15.

Em busca da perfeição

A versão de FIFA 14 para PlayStation 4 e Xbox One, contou com um novo motor gráfico, apresentando um game bem diferente das versões para Xbox 360, PCs e PS3. Em FIFA 15, o motor IGNITE continuou sendo utilizado, dando melhorias a alguns conceitos que já funcionavam na versão anterior. Ou seja, A EA conseguiu melhorar o que já era bom, um fato admirável na indústria dos games.

O ponto mais nítido dessa evolução fica por conta da movimentação do jogo. FIFA 15 é mais rápido e delicioso para jogar. Os atletas virtuais são mais leves, tanto para correr e andar, como para driblar e efetuar uma tentativa de desarme. Além disso, a bola também rola de uma forma mais realista e tem a sua trajetória influenciada caso o gramado esteja muito desgastado ou sofrendo com as mudanças climáticas.

Também merece destaque o balanceamento dos jogadores. Se em outras versões era possível tolerar algumas deficiências em relação aos atributos de um atleta, em FIFA 15 não há do que reclamar. Por exemplo, se um atacante possui um valor alto para sua velocidade e aceleração, não há zagueiro no mundo que o alcance. Em contrapartida, se a finalização ao gol deste mesmo atleta for abaixo da média, será difícil este acertar o gol de fora da área.

Isso acaba criando um balanceamento também nos clubes, onde os ajustes antes das partidas serão mais prioritários do que nunca. O ideal é estudar os jogadores para determinadas posições e lembrar de suas limitação com a bola rolando.

 

FIFA 15

FIFA 15

Goleiros mais humanos

Se antes eles eram uma das maiores reclamações da franquia, agora há muito o que se elogiar dos goleiros. Com uma mecânica totalmente nova, produzida do zero, os atletas da posição mais ingrata do futebol passaram de meros coadjuvantes para grandes protagonistas da nova versão do game.

O comportamento debaixo da trave é simplesmente demais, com movimentos muito realistas. Não há como não se impressionar com determinados pulos e “pontes”, mesmo que estes tenham sido executados para impedir um gol do seu time. Assim como também não dá para reclamar quando demora para sair em uma bola, ou comete uma falha. Isso mostra o quanto eles foram “humanizados”, afinal, qual goleiro nunca falhou?

Mas é importante ressaltar que, assim como os outros jogadores, eles sofrem com o balanceamento de seus atributos. Não espere muito de um goleiro com defesa em torno de 65, em contrapartida, sinta mais segurança na hora de colocar um guarda-redes com mais de 80 pontos nos atributos gerais.

FIFA 15 dá uma nova vida aos goleiros com movimentos muito reais.

FIFA 15 dá uma nova vida aos goleiros com movimentos muito reais.

Inteligência artificial apurada

Outra grande evolução do novo FIFA 15 é a inteligência artificial aplicada, ela evoluiu muito em relação a versão anterior. Entretanto, tudo ainda depende muito do grau de dificuldade imposto na partida. Quando em modos mais fáceis, os jogadores se comportam de maneira cômica, errando diversos passes e sem qualquer poder efetivo de marcação.

Já nas dificuldades mais elevadas, é possível notar menos erros, além de um comportamento de acordo com a partida. Ou seja, caso o time adversário esteja perdendo, eles irão adotar uma estratégia mais avançada e consequentemente tendem a dar mais espaços no setor defensivo. E se por acaso eles estiverem na frente do marcador, prepare-se para ter que aturar a velha catimba, você verá times prendendo a bola na linha de fundo e valorizando a posse.

Ainda sobre os atletas virtuais, também houve um grande avanço em relação ao posicionamento. É possível notar atacantes mais atentos a linha de impedimento, zagueiros se antecipando mais as jogadas, laterais cada vez mais dando opções de jogo, bem como jogadores buscando melhor posicionamento, seja para receber um passe, um lançamento, ou para não deixar tanto espaço num contra-ataque, ou mano a mano.  O que tem tornado as partidas mais balanceadas, gerando menos reclamações por parte dos jogadores.

FIFA 15 trás inteligência artificial melhorada.

FIFA 15 trás inteligência artificial melhorada.

Visual ainda mais realista

Nos consoles da nova geração, Xbox One e PlayStation 4, Fifa 15 conseguiu evoluir ainda mais o belo visual do game. Tudo ficou mais realista, desde o gramado, que sofre com marcas de carrinhos e desgastes ao longo das partidas, até a arquibancada, que conta até mesmo com animações personalizadas. Em outras palavras, o público do time que está vencendo vibra e pula a todo instante, enquanto a outra torcida se mantém quieta esperando por um empate ou uma virada.

Outros elementos que compõe o espetáculo do futebol também estão presentes, como câmeras atrás do gol, seguranças, gandulas, técnicos e até mesmo seus reservas aquecendo do lado de fora do campo. Tudo isso para criar um clima único que faz parecer uma partida de verdade transmitida pela TV.

O visual dos atletas também sofreu grandes melhorias. Nunca antes jogadores como Messi, Neymar, Balotteli, entre outros, ficaram tão parecidos. O excelente trabalho de captura da EA trouxe para os videogames até mesmo elementos mais detalhados como cicatrizes, cortes de cabelos personalizados, e tatuagens. Até mesmo as expressões faciais ficaram mais realistas e mostram detalhadamente o sentimento dos jogadores. Pena que atletas menos populares ainda sofram com o descaso da produtora e apresentem aparências bem diferentes do que realidade.

FIFA 15 apresenta um visual cada vez mais real.

FIFA 15 apresenta um visual cada vez mais real.

As animações também se tornaram um show a parte. Desde as comemorações, cada vez mais eufóricas e criativas, até as reclamações e princípios de confusão em campo, fazem com que o jogo tenha um realismo a mais diante de tantas inovações. Por outro lado, esse excesso de animações pode irritar jogadores menos pacientes que não querem que a partida esfrie diante de preciosos segundos de uma cena de reposição de bola.

Modos com poucas evoluções

Os modos managers de FIFA 15 sofreram pouquíssimas modificações. A principal delas é em relação aos menus principais, onde utilizam o mesmo esquema de janelas, similar ao do Windows 8, o que facilita a navegação entre as opções.

FIFA_15_menu

Atuando como jogador, é possível notar uma dificuldade maior nas partidas. Isso se refere ao que foi citado mais acima em relação a mudanças no posicionamento dos jogadores e a inteligência artificial dos adversários. Mas, se o rendimento do seu atleta for bom o suficiente, as propostas aparecem em maior volume e de uma forma ligeiramente mais rápida.

Com os treinadores, também pouca coisa mudou. Além de também contar com novas telas que facilitam a navegação, há uma dificuldade ainda maior em negociar determinados jogadores. É preciso se preocupar com o elenco do seu time, os jogadores que atuam na mesma posição, e os valores do contrato/salário. Mesmo assim, não se assuste se jogadores recusarem ofertas milionárias e vantajosas. Não há uma explicação para isso.

Os modos de Torneios comuns também não receberam muitas adições. Ainda é possível disputar Ligas Nacionais, ou simplesmente criar a sua própria competição misturando clubes e seleções de todas as partes do mundo.

Até os Jogos de Habilidade sofrem com a falta de inovações. Além de muitos exercícios que já estavam presentes em FIFA 14, muitas das atividades são similares ao que foi apresentado no títulos anterior. Isso cria uma certa antipatia com as provas, principalmente as que o jogador já tinha realizado no outro game.

Jogos de Habilidade de FIFA 15 carecem de melhorias.

Jogos de Habilidade de FIFA 15 carecem de melhorias.

Os modos online seguem o mesmo padrão, mas com um sistema novo que pune de uma forma mais enérgica aqueles que querem trapacear no jogo. Portanto, pense duas vezes antes de desligar o jogo enquanto sofre uma goleada irreversível.

Ultimate Team com novidades

O popular modos de cartas de FIFA 15 também ganhou novidades. A principal delas é a possibilidade de usar cartas emprestadas, que duram apenas algumas partidas. Elas são uma ótima opção para começar bem o jogo, sem ter que desembolsar uma grana alta para ter um craque no time.

Agora também é possível criar um elenco de conceito. Essas cartas são baseadas em desejos do jogador que, se tiver uma boa grana acumulada, pode comprar esses atletas, sem a necessidade de ficar procurando em meio a tantas cartas a venda no mercado.

FIFA 15 Ultimate Team.

FIFA 15 Ultimate Team.

Outra inovação que merece destaque é a possibilidade de se juntar a um amigo e disputar torneios online no modo Ultimate Team. Dessa forma, vocês podem dividir um deck e montar uma equipe ainda mais forte. Pena que o sistema de troca de cartas tenha sido retirado pela própria EA.

Barulho que agrada

FIFA 15 não buscou inovar apenas nos gráficos e na jogabilidade. O som do jogo também recebeu melhorias perceptíveis. É possível, por exemplo, distinguir de que parte dos estádio a sua torcida fica localizada e ecoa suas canções. Assim como também é possível escutar os gritos cada vez mais altos e empolgados enquanto seu time ataca com pressão.

Os efeitos sonoros do game também chamam a atenção. Desde o som explosivo de um chute para o gol, até o barulho da bola se chocando contra a trave, o áudio de Fifa 15 faz com que o jogador sinta o clima da partida diante de seu home theater ou de um fone com suporte a áudio 5.1. As canções também marcam presença no game. Destaque para a faixa do rapper nacional: Emicida, que divide espaço com outras canções mundialmente populares.

FIFA15_torcida

Ausência de clubes nacionais e outras bolas fora

Apesar de muitas melhorias, FIFA 15 não é um game de futebol perfeito, embora nunca um outro título esteve tão perto disso. Há alguns problemas no jogo que poderiam ser corrigidos para essa nova versão. Entre eles, a falta de inovações nos modos de jogo. Dessa forma, fica difícil se interessar por um modo que não seja o Ultimate Team ou modalidades online.

A falta de clubes e jogadores nacionais também incomoda bastante. É triste passar por menus e se deparar com ligas de outros países latinos e todos seus times à disposição. Isso sem falar de outros modos, como o Carreira e o FUT, que não permitem sequer usar o logo ou a camisa desses clubes excluídos.

 

Deixe uma resposta