Review: Pro Evolution Soccer 2016

0
272

 Na batalha para tomar de volta o 1º lugar no melhor simulador de futebol da atualidade, a Konami trouxe o PES 2016, disponível para PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One e PC. Além de contar com 24 clubes brasileiros, o game tem como atrativos a grande evolução em sua jogabilidade e melhorias nos gráficos. Confira nosso review completo:

Correndo atrás do prejuízo

Quem gosta de jogar um futebolzinho no console ou PC, com certeza vem acompanhando a eterna luta entre PES e FIFA. Enquanto na era do PS2 o game de futebol da Konami reinava, na era PS3 e Xbox 360 viu seu rival, tomar-lhe o trono. Muito se deve a jogabilidade de PES, pois a Konami insistia em manter suas raízes, mesmo ela estando um pouco ultrapassada e  já não agradando tanto os fãs.

Mas com a chegada à nova geração, a Konami viu que era hora de reformular o game para tentar retomar seu lugar no trono. Sendo assim, a companhia japonesa trabalhou muito nas melhorias da mecânicas de PES 2016, superando o que já havia apresentado no game anterior.

pes-2016-gameplay

A começar pela movimentação de seus jogadores, possibilitando que os atletas respondam mais rápido aos comandos. O mesmo vale para os dribles, que se mostram mais eficientes.

Outra grande novidade foi o aprimoramento do sistema de colisão entre jogadores, evitando aquele bugs absurdos, onde uma jogador pode chegar a atravessar o outro, como se fosse um fantasma. A colisão funciona de forma satisfatória e contribuindo para o corpo a corpo durante a partida, facilitando as roubadas de bola, beneficiando a recuperação daqueles que possuem maior porte físico, deixando o jogo mais real.

Chutes e passes não foram esquecidos e receberam também suas melhorias. Há mais efeitos nas bolas, tanto em cruzamentos quanto chutes a gol. A física também foi aprimorada em bola desviadas em outros jogadores.

pes_2016_cruzamentos

Mas o PES 2016 não tem só coisas boas com relação a evolução da mecânica e jogabilidade, um pesadelo antigo dos fãs da franquia continua. É que apesar nos esforços e melhorias, os goleiros ainda deixam a desejar, eles estão mais ágeis e possuem mais movimentos, mas ainda ficam devendo e muito, pois continuam a falhar e tomar gols bobos.

Tudo que é bonito é pra se mostrar

Se existe um fator em que PES nunca ficou pra trás é na qualidade gráfica de seus jogos. Seus jogadores recebem um cuidado especial, com faces dos jogadores beirando a perfeição, de tão realistas e na ambientação das partidas. A nova versão de PES continua incrível em termos de qualidade gráfica e apresenta ainda mais melhorias daquilo que já era top de linha em jogos do gênero.

Jogadores como Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo chegam a confundir os mais desatentos diante de tanta realidade. Cortes de cabelo, tatuagens e até marcas no corpo foram fielmente reproduzidas no game e até jogadores menos conhecidos foram fielmente retratados no game.

pes_2016_Neymar1

Outro elemento que também é um show a parte são os estádios, fielmente retratados e que deixam qualquer jogador animado dentro de campo. Estádios brasileiros dão um toque especial a franquia, ainda mais com as novas aquisições, como a Arena Corinthians, o novo Maracanã e demais estádios reformados para a Copa do Mundo.

As torcidas ainda são bem artificiais, mas o canto delas encanta, pois eles são originais de cada torcida. Outro fator que deixa um pouco a deseja é a trilha sonora, que não tem lá canções muito empolgantes, exceto por We Will Rock You, da banda britânica Queen.

Master League

Um dos mais conhecidos modos de PES agora está ainda mais atrativo. O popular Master League, modo em que você atua como técnico e gerente de um clube, está mais prático em suas negociações e na evolução de seus times.

PES2016_Master_League

Na parte de transferências, o volume de ofertas recebidas é bem maior do que na versão anterior, possibilitando que o jogador tenha uma movimentação maior do seu caixa e consiga trocar peças fundamentais do seu time antes que o campeonato comece. O mesmo vale para as ofertas, já que seus olheiros não demoram tanto como antes para lhe oferecer um leque de opções dentro dos parâmetros pré determinados.

Um clube com a sua cara

Uma das grandes armas de PES 2016 é o modo MyClub. Com ele, você monta uma equipe que disputa partidas online com outros jogadores do mundo inteiro, mas que tem como grande atrativo as inúmeras opções para montar o seu time e a conquista e/ou troca de pontos para evoluí-lo.

Com navegação mais ágil, organizar seu time ficou mais fácil e rápido. O mesmo vale para organizar as buscas de olheiros, contratar novos integrantes e outras atividades do modo. O game também trás uma série de tutoriais bem resumidos que ajudam os novatos na franquia PES.

pes-2016-myClub-squads

As partidas online rodam sem qualquer tipo de lag ou travamento. Mesmo com um fluxo intenso, característico de jogos em fase de lançamento, o modo online de PES 2016 deu conta do recado.

Todos os times brasileiros

PES 2016, assim como nas versões anteriores continua trazendo todos os times brasileiros da série A e alguns que hoje estão na série B, o game ainda conta com as presenças exclusivas de Flamengo e Corinthians, que fecharam contrato com a Konami e de Goias e Sport, times que ficaram de fora do eterno rival FIFA, sem nenhuma explicação.

pes_2016_guerrero

Deixe uma resposta