Matt e Ross Duffer, os criadores de Stranger Things estão sendo acusados de plagio.

0
89
 - Netflix/Divulgação

Matt e Ross Duffer, os criadores de Stranger Things, estão sendo processados por supostamente criar o seriado da Netflix em cima de uma ideia roubada. A informação é do TMZ.

O processo teria sido preenchido pelo cineasta Charlie Kessler, que diz ter apresentado o conceito para os Duffer através de um curta chamado “Montauk”, disponível na internet. A dupla supostamente ignorou, mas alguns anos depois apareceu com uma série de TV na Netflix chamada “Montauk” – que eventualmente foi renomeada. O curta antes estava disponível no Vimeo mas foi removido assim que a polêmica começou a ganhar força.

O nome, por si só, não é um problema: ambos tem base no Projeto Montauk, suposto programa de experimentos do governo dos EUA durante a Guerra Fria para desenvolver técnicas de guerra psicológica e recursos estratégicos exóticos, incluindo viagem no tempo, viagem no hiperespaço e invisibilidade.

Ainda segundo o TMZ, Kessler processa para receber indenização e também a “destruição de todos os materiais que foram supostamente copiados de seu conceito.

Nem a Netflix nem os Duffers se manifestaram sobre o processo. Seja como for, a terceira temporada de Stranger Things ainda não tem previsão de estreia.

Deixe uma resposta